sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Leu minha mente?


- LEU? LEEEEEEEEU?

Então, saca quando leem (oi reforma ortográfica) sua mente? Querido Jaime (puxando saco porque ele sempre lê meu bloguinho, nhooun) fez isso, check check check:

Jaime Ohana disse...
Camila,U é? Cade as tirinhas? Sentimos falta no Varal.
27 de Fevereiro de 2009 03:56


Jaime (e todos os outros) te ju-ro que liguei o pc para falar realmente sobre as tirinhas! Ontem (enquanto eu ma-rom-ba-va meus bíceps(?) na cadimia) pensei que estava na hora de dá uma satisfação (para quem quer que fosse) sobre a situação das tirinhas. Pois bem, como minha mania de firular as coisas é maior que tudo, comecemos com a firula!

Ano passado eu trampava (sim, uso gírias de motoboy). Ganhava meu dinheirinho, comia no refeitório gorduroso e era o orgulho da família Baranda. Meu maior carma no trampo era entrar na redação (sim, era um jornal), sei lá, todos eram jornalistas e eu ainda estava no primeiro período, fedendo a catinga de Ensino Médio, sério, me cagava. Mas ai meses se passaram e eu fui melhorando. Pois bem, enquanto eu me esgueirava pelas paredes da redação para que ninguém notasse minha presença, existia o Romahs (cartunista do jornal). O Romahs fingia que rabiscava, mas na verdade ele ficava lendo o meu blog e rindo por dentro.

E foi aí que tudo começou... Romahs achou que meus textos dariam boas tirinhas e perguntou se eu não gostaria de fazer uns roteiros com ele, eu topei e nasceu a Sofia. Só que a merda de tudo não foi o fato de eu ter aceitado sem nunca ter feito nada do tipo, e siiiiim, a nossa tirinha ter sido assunto pra uma matéria de capa sem a gente ter feito praticamente nada.

E pô, "matéria de capa" - eu pensei- "é uma boa oportunidade de falar do meu blog", fizemos e eu acatei o oba-oba. Eu amo oba-oba, sério.

A primeira leva foi sussa porque já tinhamos o texto base, mas daí as coisas desandaram... eu cheguei a conclusão que era tudo mais difícil do que pensava e que a essência da tirinha era pegar aquilo que realmente acontecia na minha vida (coisa que eu faço nos textos) e não ficar inventando histórias de meninas adolescentes. Por isso a gente parou.

Mas não paramos do tipo "reconheço minha insignificância intelectual e nunca mais serei capaz de fazer isso", e sim, no estilo "ah, quer saber? Quando surgir algo legal, te mando e a gente volta". Sacou Jaime, sacou pessoas do meu Brasil, sacou pai, sacou mãe? Foi isso.

ps: pra quem não acompanhava o blog desde o tempo das tirinhas, é só procurar nos arquivos ou então fuçar meu orkut que tem um álbum só delas. Beijonãomeliguem.

5 comentários:

Jaime Ohana disse...

Camila,

Auahuah...

Ta explicado entao!

abs

Ohana

Camilla disse...

Eu vi a matéria no jornal. Gentchi phyna é outra história né.

Faz umas tirinhas no paint menine pra suprir os pedidos do publico :x

João disse...

" Eu amo oba-oba, sério."
suspeito passy4/

Déborah Rabelo disse...

haha, não leve para o lado pessoal, deve ser uma invejinha reprimida por saber que não vou ser alta. e sobre o fantasy, também fiquei chocada com certas fantasias/minúsculos pedaços de pano. arrasou de amy! hahaha

cayo disse...

Tu aceita sugestoes???