sexta-feira, 26 de junho de 2009

Máicou, elis não ligam pra gentchi

Infelizmente, conheci o Michael Jackson branco e louco das idéias.



Lembro do meu irmão tentando fazer - sem sucesso, óbvio- o tal do moonwalk. Juro que eu ficava com uma cara de whatahell.

Nos vídeos dos meus aniversários, o Thiago (my brodá) sempre aparecia com aquela jaqueta jeans (mas o sonho dele era ter uma vermelha, tenho certeza) fazendo o moonwalk e "pegando na virilha".

É, isso pra mim foi o Michael Jackson.

Das músicas, conheço as famosas. Dos clipes, lembro que me cagava quando passava Thriller.

Mesmo assim reconheço a importância do moço.

Nheeeem.

Que vá na paz de Jah e Deus esconde o menino Jesus é isso.

2 comentários:

Manaus disse...

E niguem falou da farra faucet, ela uma pantera broder, toda guria ja quiz ser uma

Bernardo S Simões disse...

A importância dele não dá pra negar.