sexta-feira, 17 de julho de 2009

"Essa é mais um história do diário de bordo de Lucas Silva e Silva, falando diretamente... da onde mesmo?" (1)

Sempre que me perguntam o porquê de eu ter escolhido fazer jornalismo, sempre conto a mesma história: na oitava série percebi que tirava notas boas em história e português, percebi que curtia ler, escrever, blábláblá, lorotalorotalorota.

Por um lado essa história não deixa de ser real, afinal, eu realmente tirava notas boas nessas matérias, escrevia umas leseiras e tinha uns livros legais na estante. Mas mesmo assim não é 100%. Escolhi o jornalismo porque simplesmente quero viajar por todos os lugares, conhecer todas as pessoas, comer todas as comidas, ver todas as paisagens.

Passei esses dois últimos dias viajando pelos buracos da Amazonha Amazônia. Vi o tal do Encontro das Águas pela bilhonésima vez (mas isso não me impediu de tê-lo achado bonito pela bilhonésima vez), vi o pôr-do-sol de cima de uma barco foda no meião do Rio Negro; fui pra Manacapuru, conheci trocentos viveiros de peixe; tive o melhor almoço de todos os tempos; conheci pessoas divertidas; subi um barranco imenso; pisei em muita merda de gado; carreguei umas 5 bolsas enquanto atravessava um tábua estreitíssima; bebi água de côco fesquinha; conheci uma menina que fará parte de um livro sobre Trindade que está sendo escrito por uma picolezeira lá da balsa ; finalmente identifiquei o Cruzeiro do Sul; ri do fedor dos outros; fui aconselhada por uma dona de bar a nao fazer xixi num banheiro e sim numa latrina (lê-se "faz ai no chão, porque o banheiro tá pior"); conheci um senhor de sobrenome Xicó; passei trocentas horas num buzão conversando sobre o nada...


-Camila cabide 2009/ Voadeira lá atrás


- Seu Xicó


- Faz o Rocky no barranco


- Too good to be true


- Boa gente boa/ Participantes das conversas no buzão

Tudo isso em dois dias por causa do tal do jornalismo.

Seria ingenuidade da minha parte achar que sou a unica nesse mundo que sonha em um dia viajar o planeta, mas seria uma boa que isso acontecesse.

Alegria de pobre dura pouco, amanhã provavelmente vou tá falando mal do jornalismo, mas deixa. Hoje acordei boba e acho que esse foi um dos posts mais bobos que já escrevi, paciência.

RÁ!

-----------------------------------

UPDATE

Blogger venancio_sa disse...
pode ter sido bobo, mas foi sincero né...

De fato, hihi.

6 comentários:

Camilla disse...

"ri do fedor dos outros"
IAUSHUIAHSUIAHSUIHUAIHSUIAHUSI

neojoy disse...

rsrrssrsrsr. mas eu gostei. tô precisando de uma viagem jornalística dessas. ;) falows!

venancio_sa disse...

pode ter sido bobo, mas foi sincero né...

Rochelly disse...

Engraçado, tenho exatamente os mesmos sonhos que você, os meus gostos, etc, etc, e escolhi Relações Internacionais (mas admito que pensei em jornalismo antes).

JoãoMendes disse...

eu amo civilização, concreto, internet e modernidade BUT é bom se deslocar pro mato as vezes

Jaime Ohana disse...

Baranda,

Ahaha! Um dos posts mais bobos para vc e um dos mais bacanas que eu já li por bandas daqui (ehehe).
Eu tbm falo mal da publicidade todo dia. É assi mesmo, no fundo, no fundo (bem pra lá do fim do mundo) a gente gosta do que estuda.

Ehehe

abs